Amigos Bolachudos

sábado, 28 de agosto de 2010

Eu sou assim... o que é que se vai fazer?

Eu tenho poucos amigos, contam-se pelos dedos de uma mão. São todos muito diferentes, mas têm todos em comum uma coisa: gostam de mim como eu sou, na mais profunda lealdade. Quando faço anos e junto-os a todos em minha casa, gosto de os ver conversar uns com os outros e todos se entendem. Porque os meus amigos são, cada um à sua maneira, alegres e com sentido de humor, honestos e trabalhadores, sensíveis e bons confidentes. Estou receptiva a novas amizades, é verdade, e neste último ano (porque mudei de local de trabalho, porque mudei de local de residência) tenho conhecido muita gente nova e de quem gosto, verdadeiros candidatos a novas amizades, quem sabe? Mas haverá sempre tempo, sempre, para os meus amigos, os que se contam pelos dedos de uma mão.

Com este blogue vai ser a mesma coisa, vai ser necessariamente um blogue de pouca gente... Porque para ter, é preciso dar, e eu não consigo dar atenção e afecto com qualidade a muitos. Eu não tenho tempo, capacidade de gestão e organização, flexibilidade para seguir muitos blogues. Seguir significa ler, conhecer, estar atento, dar uma palavra de apoio, uma sugestão, um miminho, um "puxão de orelhas" a quem partilha os seus pensamentos, vivências e reflexões comigo e a quem me faz o mesmo. E fazer isto tudo com assiduidade. Portanto, neste momento, não consigo ir mais além dos blogues que já sigo. Eu sei que não é nada bonita esta exclusividade, mas eu não consigo!!! Não me consigo multiplicar, deixo de ser eu e não consigo dar atenção às pessoas como deve ser. E quando recomeçar a trabalhar... ufa! aí é que vai ser!

Isto não significa que não esteja com o coração em aberto a novas descobertas, até porque adoro ser surpreendida! Mas, neste momento, é o que eu consigo dar.

(Nota: o meu blogue pretende ser uma libertação, não uma prisão. Por isso, manterei sempre o meu anonimato. Para que possa ser sempre EU)

4 comentários:

Carla disse...

Bom dia Bolachinha...
Pois é, tens toda a razão.
Eu acabo por espreita-las "quase" todas, embora não tenha sp tempo para comentar.
Tenho pena , mas a vida é assim mesmo.
Bjinhos e bom Sábado

Lú Pinheiro disse...

oi te achei e estou te seguindo... quando quiser flor, passa lá no meu cantinho que será bem vinda...
bjinhos

Alexandra disse...

Amigos verdadeiros tenho alguns - nem muitos (porque os amigos nunca são demais) nem poucos (porque o nº não é importante!
Os que tenho são verdadeiros! E só admito relacionamentos verdadeiros ou sou ou não, não sei fazer de conta nem faço fretes a ninguém.
Pelo o que te conheço, gosto de ti!
Abraços

Sweet68 disse...

Pois, para já que estou de férias é fácil seguir meia dúzia de blogs. Vamos lá ver depois. Todos os que estou a seguir li-os primeiro de fio a pavio e se achar interessante sigo. É bom saber que há tanta gente com as mesmas lutas que nós, que não somos os únicos. Com os meus poucos amigos reais não tenho conversas sobre as dietas porque eles não lidam com este problema. É bom ter amigos virtuais para partilhar estas confidências. Eu tento seguir e deixar uma palavra amiga nos que estou a seguir. Bj