Amigos Bolachudos

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Eu e a minha mãe

A minha mãe é analítica, minuciosa, irritantemente miudinha.
É apegada às coisas e muito controladora.

Eu, não. Sou impaciente face ao pormenor, desprendida, lúcida quanto à efemeridade dos bens materiais.
Não sei controlar os outros.

Daí que a minha mãe se tenha sentido irritada, quando lhe telefonei a contar o episódio da inundação que assolou a minha casa, ontem ao fim da tarde. "Tiveste uma inundação em tua casa e ainda brincas!"

Of course, mãezinha! Ia chorar, por acaso!

Bah!!

 (E  para que não se julgue que sou irresponsável, já tirei fotografias e fiz um filme da inundação e dos estragos visíveis para apresentar no seguro. Além disso, do corpo me saiu muito trabalho a "apanhar" água. Também já contactei a seguradora e enviei um mail.
 Mas recuso-me ficar mal-disposta. Ouviste, senhora mãe?)

2 comentários:

Alexandra disse...

Minha querida, pois eu cá acho que (depois de crescidas) podemos ter opiniões divergentes das nossas mães. Defendo a pluralidade :)
A haja sentido de humor... Sempre.
Ai se eu te contasse a minha vida! Tenho a certeza que nos iamos rir muito as duas:)

Me disse...

...sem comentários...defendo o teu constante sentido de humor, aliás admiro-te por isso...maes....outro planeta.